15/05/2021 às 00:08 Youtube Mobgrafando

Os Vídeos Não Listados do Canal do Mobgrafando no Youtube

223
4min de leitura

Produzir vídeos para o Youtube é algo muito natural para vários projetos e negócios nos tempos atuais, mas ainda assim tem a sua complexidade e traz inúmeros desafios.

Em 2018, durante uma viagem a Los Angeles chamada de Study Tour, a Youpix chegou a algumas conclusões interessantes, dentre elas a de que "Hoje, criadores de conteúdo são também videomakers. São eles que criam e dirigem seus conteúdos. Essa demanda faz com que os criadores se transformem em criativos de agências." Com essa frase dá pra entender o poder que um vídeo tem para não apenas ser veículo de informação, mas também vetor de conexões que aproximam pessoas e marcas de objetivos em comum. 


GRUPO OFICIAL NO TELEGRAM


Muitas vezes os membros de comunidade gostam tanto do que é criado em forma de fotos, áudio ou texto que gostariam de ver algo em vídeo, mas até o vídeo ser criado, o criador passa por uma jornada pessoal e profissional de muitos testes para chegar ao piloto. Para Camilo Coutinho, um dos mais conhecidos estrategistas de vídeo do Brasil, "todos os vídeos são úteis para algum tipo de público que está sedento por esse conteúdo." Então fica bem mais fácil saber que tipo de vídeo fazer quando você sabe o que o seu espectador quer assistir.

Camilo Coutinho em um dos posts de seu Instagram mostrando os tipos de vídeos que podem ser feitos por um canal. Via @camilocoutinho / Instagram

Para o Mobgrafando, estar no Youtube é um processo lento e cheio de testes, pois no Youtube já existe muita tente boa criando conteúdos de excelente qualidade em vários aspectos que poderíamos abordar. Nestes testes, alguns conteúdos acabaram sendo classificados como "não listados" - eles existem, mas seu acesso é limitado. Portanto, vamos publicar aqui neste post 4 vídeos que mesmo fora do radar ainda tem sua relevância. 

1. O DESABAFO DE UMA FOTÓGRAFA

Em julho de 2019 a fotógrafa americana Hannah Stanley fez um desabafo que ficou famoso nas redes sociais por conta de uma convidada de um casamento que estragou a foto da entrada da noiva por entrar em seu campo de visãoIsabela Cabral, jornalista do Tech Tudo, traduziu a postagem original da fotógrafa que dizia o seguinte:

"À garota com o iPhone…

Você não apenas estragou minha imagem, como também roubou esse momento do noivo, do pai da noiva e da noiva. O que exatamente você pretende fazer com essa fotografia? Honestamente. Vai imprimi-la? Salva-la? Olhar para ela todo dia? Não, você não vai. Mas minha noiva teria imprimido essa foto, olhado para ela com frequência e relembrado desse momento em que seu pai a conduziu até o altar no dia de seu casamento. Mas em vez disso, você quis tirar uma foto com seu celular, bloqueando minha visão e fazendo uma foto que não será usada.

Convidados, por favor, parem de assistir por meio de uma tela as festas de casamento das quais vocês participam. No lugar, desliguem seus telefones e aproveitem a cerimônia. Vocês são importantes para a noiva e o noivo, se não não teriam sido chamados. Então, por favor, me deixem fazer meu trabalho, sentem, relaxem e aproveitem esse momento único."

No vídeo, o James Dantas comenta o episódio e aprofunda a questão com uma abordagem que conscientiza o público das diferenças que separam os convidados inconvenientes dos mobgrafistas

2. 4 DICAS PARA FOTOGRAFAR COM CELULAR

O título do vídeo é autoexplicativo. Elisa Doré, do site iPhoto Channel, publicou um artigo onde listava 4 dicas para aproveitar melhor o smartphone no intuito de criar belas fotografias. James Dantas usa os tópicos como um guia para expandir os conhecimentos dos mobgrafistas e esclarecer as suas dúvidas. 

3. O RESPEITO NO TRABALHO FOTOGRÁFICO

Este vídeo é muito bacana por ser o único do canal a ter material de apoio dedicado, algo que tenho certeza que devemos voltar a explorar - você pode baixar o material clicando aqui. Além disso, é o primeiro com tripla participação, onde temos o James Dantas, o Thiago Mello e o Geovanne "Nacho", idealizador do Hangar, um grupo de estudos e acompanhamento avançado para que fotógrafos possam finalmente dominar a linguagem da Fotografia.

A pauta do vídeo surgiu a partir do artigo escrito por Paul Reiffer no PetaPixel falando justamente sobre como alguns profissionais estavam deixando de lado os limites éticos em busca de um clique perfeito, desrespeitando pessoas, culturas e a própria natureza no processo. É uma das lives mais ricas do canal e quem sabe não mereça uma subida de status para voltar a ser pública. Tudo depende da sua aprovação... 

4. A ORIGINALIDADE NA FOTOGRAFIA

Mais uma live com presença tripla onde o tema é a originalidade é abordado por conta das redes sociais e sua massiva quantidade de conteúdo parecido, e muitas vezes copiado. São quase 2 horas de papo e com certeza abrirá os seus horizontes quanto a maneiras de se inspirar para diferenciar as suas fotografias. 

E você, acompanhou estes vídeos na época em que foram lançados ou está sabendo da existência deles hoje? E qual é o seu favorito? Conta pra gente nos comentários pois vamos adorar saber :D

Até o próximo post aqui no #mobgrafando


GRUPO TELEGRAM



15 Mai 2021

Os Vídeos Não Listados do Canal do Mobgrafando no Youtube

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

camilo coutinho celular conteúdo desabafo dicas para fotografar iphoto channel mobgrafando o hangar originalidade respeito tech tudo youpix youtube

Quem viu também curtiu

14 de Mai de 2021

Mi Watch Lite: Promissor ou problemático?

03 de Nov de 2020

Anuário da Mobgrafia 2021: Participe e Entenda como os Mobgrafistas se Comportam

16 de Mai de 2021

O que Podemos Aprender o Anuário da Fotografia 2020 da Alboom